Benefícios da atividade física no tratamento oncológico

Texto: Ewerton da Silva Medeiros

Com informações do Oncoguia


A importância da atividade física para a saúde está diretamente ligada a qualidade de vida e para o paciente com câncer não é diferente.


Ainda que no passado tenha sido muito disseminada a ideia de que o paciente oncológico tivesse que ficar em repouso absoluto e diminuísse a atividade física, hoje já se sabe que essas recomendações são pertinentes apenas em caso de orientação médica.


A prática de exercícios físicos é totalmente segura e pode melhorar o vigor físico proporcionando a sensação de bem-estar, diferente do repouso excessivo e o sedentarismo, que causam perda funcional e atrofia muscular.


Seguir uma rotina saudável na alimentação aliada a prática diária de exercícios físicos, além de melhorar a capacidade física, ajuda a controlar o peso, melhorando a fadiga, diminuindo o risco de ansiedade e depressão. Também ajuda na melhora da circulação sanguínea e ritmo cardíaco, causando uma sensação de elevação da autoestima.


Se o paciente já possuía uma rotina de atividades antes da doença, é importante que ele se mantenha ativo, ainda que em ritmo mais moderado.


É importante lembrar que não existe uma rotina de exercícios definida para pacientes com câncer e que todo o programa deve ser acompanhado pelo seu médico e outros profissionais multidisciplinares como o fisioterapeuta, educador físico e nutricionista.


O objetivo final é sempre manter o vigor físico e a flexibilidade, possibilitando que o paciente se sinta capaz de realizar tarefas cotidianas que deseja e precisa fazer. Aqui vão algumas dicas simples que - no seu ritmo, sem se forçar, podem ser colocadas em prática para iniciar uma rotina de vida mais saudável:

  • Use a escada em vez do elevador;

  • Desça do transporte público alguns pontos antes;

  • Dispense o carro em pequenos trajetos;

  • Dance sem moderação;

  • Se exercite enquanto assiste TV;

  • Varra o quintal (é uma atividade e tanto!);

  • Ande de bicicleta;

  • Faça uma caminhada pelo bairro após o almoço ou jantar.

Mantenha-se seguro, divirta-se e pratique o que funciona pra você. Mas lembre-se que a prática das atividades físicas devem estar baseadas no que é seguro, eficaz e agradável, respeitando seus limites.


Só inicie a prática de exercícios físicos após a liberação de seu médico oncologista e certifique-se que o profissional que irá elaborar sua rotina de exercícios conheça seu diagnóstico. Divirta-se!

Posts recentes

Ver tudo