Mantendo a saúde mental em dia


Saúde mental não é somente a ausência de doença mental


Vera Anita Bifulco

Psicóloga

Pessoas mentalmente saudáveis entendem que ninguém é perfeito, que todos nós passamos por momentos de emoções que se mesclam como alegria e tristeza, satisfação e raiva ou frustação, são capazes de enfrentar os desafios e as mudanças da vida cotidiana com equilíbrio e sabem procurar ajuda quando têm dificuldades em lidar com conflitos.


Em tempos de pandemia, todos nós nos sentimos estranhos, aquele mundo que conhecíamos, nossa rotina diária, as idas e vindas ao trabalho, os programas com os amigos e a família, tudo ficou diferente.


Como a COVID-19 ainda não tem cura, a prevenção é nossa maior garantia de cura e o ficar em casa agora é o melhor que temos a fazer.


Ficar em casa, geralmente é legal, mas ficar muito em casa ou somente ficar em casa já não é tão bom assim. Como manter nossa saúde em dia dentro dessa nova rotina que nos foi imposta? Será que nossa casa tem atrativos para nos manter ocupados durante tanto tempo?


A primeira dica é: não fique de pijama o dia todo, pijama é para hora de dormir.


Mantenha sua higiene pessoal, não se descuide, o autocuidado é importante em todas as fases da vida.


Mantenha sua rotina mesmo estando em casa. Estar em casa não significa estar de férias. Uma certa rotina, como por exemplo hora para acordar, hora para dormir, hora para a realização de tarefas, seja os trabalhos de casa ou home office (quem está trabalhando em casa através do computador), ajuda na adaptação do seu corpo a essa mudança de não sabemos quando vai realmente terminar. Deixe para os fins de semana sair desses horários fixos.


Não se envolva sempre com as mesmas tarefas, mesmo que você goste delas, variar é saudável e te mantém ocupado por mais tempos com coisas diferentes.


Arrisque-se a fazer algo que você não fazia, mudanças são bem vindas, mesmo que a princípio pareça estranha, quem sabe você não descobre que tem um dom, uma aptidão que desconhece?

Tome sol na varanda, na sacada, na calçada, na janela, ache um lugar prazeroso e deixe-se esquentar pelo calor do sol. Além da vitamina D, o sol ativa a produção do hormônio do bem estar, do prazer, evitando depressão e ajudando no sono.


Ligue para os amigos, pessoas que você gosta e papeie, jogue conversa fora.


Lembre de que sempre usávamos uma mesma expressão: “não faço porque não tenho tempo!”, pois bem, agora nós temos esse tempo, o que não temos mais é a desculpa de não ter tempo! Aproveite.

Copyright © 2020 Instituto do Câncer Doutor Arnaldo Vieira de Carvalho